Blog ssOtica para óticas

de vendedor a gerente de ótica

Como sair de vendedor e se tornar gerente de ótica

4 min de leitura

Ser gerente de óticas e estar à frente de uma equipe é um desafio e tanto, não é mesmo? Essa posição exige um grande conhecimento do setor, de como funciona uma loja e também a rotina de quem trabalha com vendas. Assim, esse cargo é, na maioria das vezes, ocupado por um vendedor. Por isso, se você deseja deixar sair de vendedor a gerente de ótica, saiba que isso é perfeitamente possível. 

No texto de hoje vamos mostrar quais são as funções e as características desejáveis para se tornar um bom gerente. Se esse é um assunto que faz parte dos seus interesses, vale a pena ler até o final!

As principais funções do gerente

Saber como é a rotina e quais são as principais funções de um gerente de ótica é o primeiro passo que quem deseja ocupar o cargo precisa saber. Nesse sentido, listamos quatro funções que são essenciais no dia a dia de um gerente. Confira quais são elas a seguir.  

1. Orientação da equipe 

Por ser um líder, o gerente é considerado o principal responsável por definir os objetivos coletivos da equipe de vendas. Portanto, é muito importante conversar com o time para dar as orientações necessárias para uma boa semana de trabalho. Isso vai ajudar os vendedores a terem maior clareza sobre o que fazer para conquistar bons resultados e atingir as metas de vendas.

É fundamental ainda fazer reuniões mensais para avaliar as ações que foram realizadas ao longo desse período. Essa iniciativa torna possível, por exemplo, celebrar as vitórias da equipe, parabenizar quem se destacou individualmente e reforçar pontos chave de treinamento.

2. Definição de metas

Estabelecer metas de venda claras, mensuráveis e desafiadoras (porém possíveis de serem alcançadas) é crucial para o sucesso da ótica. Sendo assim, é papel do gerente determinar quais são os objetivos do time e também de cada vendedor individualmente. Além disso, ele também deve definir os índices e métricas que serão utilizados para avaliar o resultado da equipe. 

3. Motivação do time

Se você almeja passar de vendedor a gerente de ótica, então com certeza já sabe o que impulsiona os vendedores a darem cada vez o seu melhor: incentivo financeiro e reconhecimento. E sabe quem deve oferecer esses estímulos? Isso mesmo, o gerente. 

Toda empresa que deseja vender mais, precisa buscar formas de conquistar novos clientes. Dentro desse cenário, o time de vendas tem uma importância muito grande. Uma equipe que não esteja motivada e empenhada dificilmente conquistará as metas estabelecidas.

Nesse sentido, o gerente precisa trabalhar fatores motivacionais a fim de engajar cada vez mais os seus vendedores. Mas lembre-se: para atingir esse resultado, o ideal é equilibrar a pressão por resultados com o lado emocional dos funcionários. 

4. Treinamento 

Uma das atividades mais importantes que um gerente de ótica exerce é a troca de conhecimento com a sua equipe. Se ele chegou nessa posição, sem dúvidas, foi porque um dia se destacou sendo um ótimo vendedor. Dessa forma, é muito valioso oferecer treinamentos para passar essa experiência e também as habilidades que são adquiridas ao longo da carreira. 

Além disso, proporcionar outros tipos de treinamento também contribui para a formação de um bom time de vendas. Temas, como relacionamento com cliente, comunicação interpessoal, técnicas de vendas e produtividade são algumas sugestões que podem ser trabalhadas internamente. 

Características de um bom gerente 

A melhor forma de liderar é pelo exemplo, não é mesmo? Sendo assim, um bom gerente além de desempenhar todas as funções que acabamos de mencionar, também precisa ter algumas características. Destacamos quatro delas a seguir para que você possa conhecê-las melhor.  

  1. Ser analítico e orientado a resultados: a função de gerente exige determinação para encontrar os melhores caminhos e fazer as escolhas mais acertadas. Logo, é preciso ter a capacidade de analisar as situações de forma ampla e sempre pensando no sucesso da ótica.
  2. Ter motivação: para liderar uma equipe de vendas é preciso demonstrar paixão pelo trabalho e funções exercidas pela área. Essa é uma das formas mais eficientes de inspirar e motivar outras pessoas a darem sempre o seu melhor.
  3. Saber ouvir e se comunicar bem: estar aberto a ouvir o que os outros têm a dizer e saber se expressar com clareza e objetividade é fundamental para ter um bom relacionamento com o time.
  4. Agir como líder: um bom gerente deve ter consciência das suas ações e como elas refletem na sua equipe. Ao agir dessa forma, a liderança se dá pelo exemplo, o que é muito valioso para manter a motivação entre os vendedores. 

Como saber se um vendedor está preparado para ser gerente?

Não existe uma fórmula mágica para saber se um vendedor está preparado para se tornar um bom gerente de ótica. Na verdade, a resposta para essa pergunta está principalmente na análise de três fatores.

O primeiro deles é o desempenho do vendedor. Ele tem conhecimento suficiente para assumir o cargo? Desempenha bem a sua função e se destaca de alguma forma? 

Depois, é importante considerar se funcionário tem o potencial que se espera de um gestor de vendas. Ele cumpre os requisitos técnicos que as principais funções de um gerente exige? Possui as características desejáveis para ser um bom líder? 

Por fim, vale considerar a percepção do vendedor em relação ao negócio como um todo. Ele tem um bom “feeling” para saber qual a melhor decisão para a ótica? Sabe fazer a ponte entre a loja e os clientes? Essas são algumas considerações que podem ajudar a chegar em uma boa conclusão. 

Conclusão

Como vimos, conhecer quais são as funções básicas e as características de um gestor é fundamental para quem quer ir de vendedor a gerente de ótica. Mas para avançar na carreira e chegar nessa posição, também é necessário saber lidar com as ferramentas tecnológicas

E por que isso é importante? Primeiramente porque a tecnologia permite que as pessoas se tornem mais produtivas no seu dia a dia. Além disso, ela viabiliza tomadas de decisões mais assertivas, influenciando diretamente na conquista de objetivos e alcance de resultados. Portanto, se você deseja se tornar um bom gerente, saiba que conseguir lidar com essas ferramentas é uma habilidade considerada essencial pelos donos de óticas.   

E então, gostou das dicas e informações que trouxemos no texto de hoje? Não deixe de nos contar aqui nos comentários!

Ebook: 5 dicas de gestão para ópticas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>