por-que-emitir-nota-fiscal-na-minha-otica

Por que emitir nota fiscal na minha ótica?

3 min de leitura

Um dos maiores desafios para qualquer empresa é seguir todas as legislações e burocracias, principalmente no começo. Um dos grandes medos, são as obrigatoriedades fiscais. E você se preocupa com isso na sua ótica, certo? Isso porque você não entende a importância de emitir nota fiscal ou acha que será muito complicado. Se você se identificou com essas frases, fique tranquilo: vamos te ajudar a encontrar o caminho.

O primeiro passo é entender que emitir nota fiscal é um dever de todas as empresas, sejam elas micro ou grandes, inclusive as óticas. O segundo, é saber que isso traz mais benefícios que dificuldades para o seu negócio. E que não é uma tarefa difícil, principalmente se combinada com uma ferramenta de emissão.

Nos tópicos a seguir, detalhamos cada um desses pontos. Com isso, você vai entender de uma vez por todas porque emitir nota fiscal é importante para sua ótica.

Tire todas as dúvidas sobre as obrigações fiscais da sua ótica;

O que é nota fiscal?

Muito se fala na emissão, mas você sabe exatamente o que é uma nota fiscal? É um documento que serve como comprovação de realização de um serviço. Nela, estão informações como quantidade, especificação do produto, valor a pagar e forma de pagamento. Ao vender os óculos, por exemplo, a nota fiscal conterá o tipo de armação e tratamento das lentes com os valores.

É por meio da emissão, obrigatória para toda empresa, que se presta contas dos tributos aos órgãos reguladores. Ou seja, ao emitir nota fiscal, você está mostrando as atividades da sua ótica para a Receita Federal. É por meio delas que você comprova a relação com os fornecedores e tudo o que sai da loja. Com isso, você tem seus direitos preservados e mostra que cumpre seus deveres com a comunidade.

Para fazer a emissão, primeiro é preciso ter o registro como empresa, seja MEI ou CNPJ, dependendo de seu faturamento. O cadastro desse número pode ser feito online, pelo site da Secretaria da Fazenda. Lá, você também encontra a categoria onde se encaixa sua ótica, de acordo com as obrigações legais. Depois, você vai até a sua prefeitura para ver as exigências locais para a emissão e faz tudo certinho.

Aí, é só emitir a nota a cada venda feita. Isso pode ser feito manualmente, pelo sistema disponibilizado na cidade, ou integrando à sua ferramenta de gestão.

Quais os riscos de não emitir nota fiscal?

Como a emissão da nota fiscal te deixa em dia com a legislação, dá para imaginar os riscos de não emitir, não é? Sua ótica pode perder garantias e ter prejuízos consideráveis, principalmente financeiros. Mas, além disso, há as perdas de garantias, tanto para a loja, quanto para o cliente. Em caso de problemas com as armações, por exemplo, a nota serve como comprovação de compra e venda. Em caso de problemas com pagamento, ela pode ser usada como prova de prestação de seu serviço. Dentre outros riscos, como:

Sonegação de impostos:

Sem a emissão da nota, como você vai comprovar que está pagando seus tributos em dia? Quando falamos de garantias que a nota fiscal te dá, essa é uma delas: a de que você não está sonegando. Quando você entrega o produto ao seu cliente, há valores embutidos que só a nota detalha. Isso acontece porque um dos campos da nota é justamente a porcentagem de tributo paga sobre aquele serviço.

Aplicação de multas:

>E se você não prova que está em ordem fiscal, vêm as consequências, como multas. Se não tem nota, não tem comprovação, não tem garantias. Fora que a emissão de notas fiscais é obrigatória e as multas podem ir de 10% a 100% do valor total de notas não emitidas.

Imagem negativa para os clientes:

Além de dar garantias a você, a nota fiscal também garante os direitos do seu cliente. Afinal, ela é a prova de que ele comprou e pagou por aquele serviço e precisa recebê-lo. Se você se recusa a emitir, ele pode desconfiar e não querer correr o risco comprar os óculos com você. Afinal, é um acessório útil para a saúde dos olhos, é preciso ter segurança na compra.

Se você não quer que seus clientes tenham essa impressão, saiba que eles podem se tornar promotores da sua ótica.

Dificuldade de crédito:

Assim como você se preocupa com o crédito de seus clientes antes de vender, as instituições se preocupam com a sua. Por isso, a falta da emissão de notas pode prejudicar sua busca por crédito, já que não haverá maneira de verificar suas transações.

Além desses riscos, também há outros que podem ser prejudiciais ao seu negócio. Clique aqui e conheça outros problemas que podem acontecer caso você não emita nota fiscal na sua ótica.

Conclusão: emita nota fiscal e saia na frente

Ficou claro por que emitir notas fiscais na sua ótica? Eu acredito que sim. Então, você já sabe as garantias que isso traz para seu negócio e para sua imagem com os clientes. Ah, e sobre a parte de ser difícil, não é. Com um sistema de gestão, como o ssOtica, esse processo fica bem prático.

Mas, mesmo sem ele, basta acessar o sistema do órgão regulador na sua cidade e emitir. Em geral, existe um passo a passo para a primeira vez. Depois, você pega o jeito. O importante é sair na frente dos seus concorrentes, sendo uma ótica correta e dentro da lei fiscal. 

 

  • Gostaria de saber , como funciona ssotica
    Se tem representante que vá até o estabelecimento , se somente virtual , qual o custo para me inscrever e utilizar seus serviços o tempo que levo apôs a inscrição para usar seus produtos etc…
    Desde já agradecido
    Paulo Roberto Esteves

    • David Rodrigues disse:

      Oi, Paulo! Fico muito feliz que tenha interesse em conhecer mais sobre o nosso sistema. Encaminhei um e-mail tirando as suas dúvidas a respeito dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>