Como ocorre o aumento da adição em Lentes Progressivas

Veja neste post, um exemplo prático de como funciona o aumento da adição em lentes progressivas e saiba como contornar as principais queixas de clientes que compram esse tipo de lente em sua ótica!

Em sua primeira visita ao refratometrista aos 42 anos, um cliente recebeu uma prescrição de -0,25 esférico, com adição de 1,00.  Agora na véspera de seus 49 anos, não possui mais qualidade de visão para perto e recebe uma prescrição +0,75, com adição de 1,50.

No momento da compra, ele é orientado pelo seu vendedor de óculos, a adquirir uma excepcional lente em seus óculos aos 42 anos. Agora ao retirar o novo óculos, a comparação é inevitável e ele logo dispara fatalmente contra o atendente:
– Esta lente não é a mesma, tudo está balançando e torto, o campo é pequeno!

Receba dicas de gestão para óticas diretamente no seu email!

Neste momento passam pela cabeça do atendente diversas argumentações, mas ele sempre utilizará as padronizadas e aconselha o cliente a conferir a receita, ou então a utilizar os óculos por alguns dias até a adaptação.

Não satisfeito, o consumidor se retira da loja. E, eis a grande questão: Estes óculos irão para a gaveta ou para o rosto do consumidor?

No momento da retirada, o consumidor queixa-se que que o campo de visão está muito menor que seus óculos anteriores. Questiona a marca e qualidade das lentes. Vamos analisar este caso.

Como funciona o aumento da adição em lentes progressivas

Ao analisar topografias de progressivos esféricos, notamos que o campo de distorções ou aberrações, aumenta na presença de dioptrias mais altas ou com astigmatismo. Este fato já apresenta uma lente diferente ao consumidor.

Entretanto, não podemos deixar de considerar o Teorema de Minkwitz, que afirma: que o astigmatismo marginal (aberração) cresce o dobro de vezes que o faz a adição em lentes progressivas.

Assim a aberração de uma lente Adição 1,00 é metade de uma Adição 1,50. A figura abaixo demonstra o aumento representado pela variação de adição em lentes progressivas.

Demonstração da variação do campo de aberração conforme o aumento da adição.
Fonte: opticampus.com | Disponível em:  OptiCampus <acesso em 28/06/2017 23:15>

Conclusão

Ao receber receitas com variações de ametropias ou ainda saltos de adição, oferte sempre ao consumidor lentes superiores em relação ao produto em uso. Ou é importante cientificar o consumidor, que o campo sofrerá diminuição adquirindo o mesmo produto.

Conhecimentos como este são fundamentais para uma adaptação eficiente aos novos progressivos.

Bons Negócios!

Para desvendar dificuldades do consumidor, o estudo da óptica avançada é fundamental.
Por isso, você deve buscar uma formação técnica de qualidade.

A OWP Educação é uma instituição atenta às necessidades do mercado, primando pela excelência na formação de seus alunos, por isso, recorre às mais inovadoras tecnologias, oferecendo o Curso Técnico em Óptica na modalidade EaD, com formação em 12 meses.

Bons Negócios!

Conteúdo escrito por: Rodrigo Trentin Sonoda 
Professor do Ensino EaD do Curso Técnico em Óptica da OWP Educação
Consultor no segmento óptico, Optometrista e Técnico em Óptica
Consultor Técnico da ABCI Óptica
rodrigo@darma.biz

E aí gostou do conteúdo? Nos conte sua opinião no comentários

Roberto

COO e Co-fundador do ssOtica.O ssOtica é um sistema de gestão exclusivo para Ópticas, que auxilia na organização e gestão da sua loja.

Esse comentário possui 6 respostas

  1. Paulo Dama says:

    Boa tarde, parabéns pela matéria, muito pertinente para o nosso ramo!

    • Evellyn Emidia says:

      Oi Paulo, ficamos felizes que tenha gostado do conteúdo. Continue conosco pois sempre temos dicas novas como essa por aqui! =D

  2. esther says:

    muito legal ..são dicas muito importantes

    • Evellyn Emidia says:

      Oi Esther, ficamos felizes que tenha gostado do conteúdo. O nosso compromisso é levar informações que ajudem no dia a dia das óticas. Continue conosco pois sempre temos dicas novas como essa por aqui! =D

  3. Verónica pereira says:

    Uma informação muito útil.
    Fiquei bem satisfeita.

    • Evellyn Emidia says:

      Oi Verônica! Ficamos felizes que tenha gostado no nosso conteúdo. Continue conosco, pois sempre temos novidades por aqui! 😉

Deixe seu comentário

Você pode utilizar esses códigos HTML ou esses atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>