Blog ssOtica para óticas

O que é giro de estoque? Veja como calcular na sua ótica

3 min de leitura

Uma empresa com um bom planejamento no giro de estoque consegue manter uma quantidade adequada de produtos em loja e, assim, ter bons resultados financeiros. Afinal, excesso de mercadorias exige mais espaço e dinheiro investido, o que corresponde a mais riscos. Do mesmo modo, ter uma quantidade limitada de produtos que são muito procurados pelos clientes pode ser prejudicial às vendas.

Por isso, é preciso estar constantemente atento ao giro de estoque da sua ótica. Você ainda tem dúvidas de como funciona e qual é a melhor forma de se fazer isso? Neste artigo, explicamos o que é, qual é o ideal para a sua loja e como fazer os cálculos. Continue a leitura para esclarecer suas dúvidas.

 

O que é giro de estoque e por que é importante se atentar a ele

O giro de estoque aponta a quantidade de vezes que o estoque foi vendido e renovado, sendo que quanto maior o número de giros, melhor para a empresa. Ou seja, quanto mais renovação de produtos, menor o risco de perdas.  

Por meio do giro de estoque, é possível fazer uma comparação de quais são as mercadorias com maior número de vendas e quais possuem pouca saída. Assim, o lojista consegue entender com mais detalhes como funciona a rotatividade dos produtos e, dessa forma, planejar ações estratégicas que gerem bons resultados financeiros. 

Manter um estoque com a quantidade adequada para as vendas tem dois fatores positivos: o cliente não fica insatisfeito ao procurar o que precisa, já que ele sempre encontrará, e a ótica não fica em prejuízo por estocar itens com pouca saída.

Quer saber como está o controle de estoque da sua ótica? Responda a esse diagnóstico gratuito e descubra a importância de mantê-lo sempre organizado.

Além disso, conhecer o volume do inventário e como a loja está gerando lucro com ele possibilita uma visão ampla do cenário. Nesse caso, é fundamental contar com um sistema de gestão de qualidade e que atenda às necessidades da ótica.

Um estudo feito pela TNS Research mostrou um crescimento de aproximadamente 60% em empresas que investiram em tecnologia e um consequente aumento na receita. Por isso, é fundamental usar sistemas que facilitem a rotina da loja, possibilitando um planejamento exato de estoque, o que contribui para otimizar o tempo dos colaboradores e aumentar as vendas.

 

Como calcular o giro de estoque da sua ótica 

O cálculo do giro de estoque leva em consideração algumas estratégias que a empresa adota, como a cobertura de estoque, que analisa a quantidade de mercadorias (por dias) que a loja vai ter até que se faça uma próxima compra. Para esse processo de planejamento da ótica, é fundamental ter um sistema de gestão personalizado.

Por exemplo, imagine que um fornecedor leve 10 dias para entregar um produto após o pedido. Isso significa que a empresa precisa ter estoque suficiente para não perder nenhuma venda nesse intervalo. Em outras palavras, a cobertura de estoque corresponde ao tempo em que a empresa quer ter os produtos estocados. 

Portanto, o cálculo do giro de estoque deve considerar duas métricas: estoque médio e quantidade vendida no período analisado.  Desta forma, é possível fazer esse cálculo com a quantidade de mercadorias ou com base no valor.

Giro de estoque = quantidade de vendas / estoque médio

Para calcular o tempo médio do giro de estoque, a fórmula é a seguinte:

Tempo médio do giro de estoque = nº de dias do período analisado / nº do giro do estoque nesse período

Calcular adequadamente o giro de estoque é fundamental porque o dinheiro que a empresa dedica para estocar produtos é o capital de giro. Sempre que esse capital é “empacado” em mercadorias, não há rotatividade e os resultados financeiros passam a ser negativos.

Para impulsionar o giro de estoque, a ótica precisa estar atenta a alguns pontos, que podem contribuir com a agilidade do processo. Em primeiro lugar, foque na organização do estoque, de maneira que facilite a visualização de todos os produtos pelo vendedor. Depois, pense na maneira como eles estão dispostos na loja, para que seja fácil a visualização do cliente.

Qual é o giro de estoque ideal para a minha loja?

Para saber qual o giro de estoque ideal para sua loja, é preciso analisar alguns aspectos para encontrar o equilíbrio na gestão como:

  • ter uma previsão da demanda de produtos mensais;
  • avaliar o número de mercadorias em estoque (porcentagem por item) e a quantidade de saída;
  • fazer um planejamento de reposição dos itens;
  • escolher fornecedores que se atentem a qualidade e prazos.

Por fim, é preciso entender que não há um número certo ou errado de giro de estoque. Cada gestor deve entender sua realidade e fazer as melhores escolhas para seu negócio a fim de gerar mais resultados.

Sendo assim, é importante que a ótica invista em um bom sistema de gestão para facilitar esse processo, além de evitar perdas nas vendas, garantir um bom planejamento e contribuir para a loja se destacar diante da concorrência.

Por meio de cálculos exatos realizados por um sistema de gestão específico para óticas e um olhar atento à gestão do negócio, é possível ter resultados financeiros positivos e, consequentemente, um crescimento da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>